DEPOIMENTOS

Beatriz – Santiago 14 dias

A Patricia chegou na minha casa nas primeiras semanas do meu filho em casa. Ele, como quase todos os recém nascidos, passou por fases de sono bastante inquieto. São mil dicas, muitas informações diferentes, e ela conseguiu definir uma linha para nós sabermos o que fazer com tanta opinião que ouvimos nessas horas. Apresentou opções e possibilidades, ensinou também na pratica algumas técnicas que ajudaram bastante.Gostei muito de aprender sobre o ciclo de sono dos bebês, sobre o qual ninguém tinha me falado antes. Acima de tudo, as recomendações da Patricia vem de alguém que também é mãe e isso traz uma grande confiança, traz mais empatia e identificação no processo. O acompanhamento atencioso seguiu alguns dias depois com duvidas tiradas pela internet e isso fez toda a diferença!

Michele Sandrini – Gustavo 1 mês e meio

O apetite do meu bebê aumentou muito e de uma hora pra outra quando ele estava com um mês e meio de vida, mais ou menos. Os intervalos entre as mamadas diminuíram e ele já não se satisfazia com um peito só. Não dava tempo do meu peito encher entre uma mamada e outra. E um dia, enfim, me vi em casa sem leite no peito e com um bebê chorando desesperado de fome. Apelei para a fórmula...Ver meu bebê mamando uma mamadeira cheia com tanta vontade, aparentemente tão feliz, me fez sentir incompetente. Tudo o que eu queria era poder amamentá-lo... Daí pra frente, o número de mamadeiras por dia foi aumentando e eu via ele claramente recusando meu peito algumas vezes e chorando de fome, mas pela mamadeira. Era cedo demais para ele desmamar e eu estava muito frustrada. Quanto menos ele mamava, menos leite eu tinha e menos ele queria mamar... Li muita coisa na internet, mas tudo o que eu queria era que alguém me visse amamentando e me dissesse o que estava errado e o que eu poderia fazer para reverter a situação. Foi quando me recomendaram a Patrícia e ela se propôs a fazer exatamente o que eu queria e precisava. Posso dizer que a consultoria em amamentação que a Patrícia me deu foi essencial pra mim! Meu pequeno voltou a mamar exclusivamente no peito e isso não poderia me deixar mais feliz! Para quem vive uma situação parecida com a minha, recomendo o trabalho da Patrícia e reforço: não desista! Como faz diferença ter apoio especializado! Obrigada mais uma vez Patrícia!

BLOG

INSTAGRAM
@maternomundi